Categorias

Fabricantes

Produtos em Destaque

Qual a diferença entre GLP e GN?

Qual a diferença entre GLP e GN?

Diferença entre GLP e GN e 13 dicas de como instalar de forma segura.

Por ser um gás mais pesado que o ar, o GLP quando disperso em um ambiente com deficiente ventilação permanece depositado na parte baixa deste espaço, e dependendo da concentração pode formar uma mistura inflamável. Motores de geladeiras, por exemplo, ligam e desligam de forma automática para manter temperatura no interior do equipamento, o acionamento repentino do sistema gera centelha, podendo desencadear uma explosão por encontrar o ambiente perfeito para este fenômeno.

Já o Gás Natural encanado é mais seguro que o GLP, pois, por ser mais leve que o ar se dispersa com mais facilidade na atmosfera. Além disso, seu ponto de combustão/fugor é bem maior do que o do GLP, que tem como principal perigo o risco vazamento, que poderá acarretar em uma explosão ou até mesmo causar asfixia.

Abaixo separei 13 dicas importantes para manter as instalações de Gás Natural e GLP dentro dos padrões de segurança nos imóveis:

1) Jamais obstrua o acesso ao registro ou válvula de segurança do seu equipamento;

2) Mantenha o aquecedor de gás sempre limpo, regulado e em local ventilado;

3) Utilize um pano de algodão com detergente neutro para limpar a mangueira flexível
que liga o gás natural ao fogão;

4) Mantenha produtos e objetos inflamáveis longe dos aquecedores a gás;

5) Jamais deixe que crianças mexam em aparelhos a gás;

6) Ao se ausentar por um período prolongado, feche o registro de segurança;

7) Não utilize o aquecedor de água ou sua chaminé para secar roupas ou armazenar
produtos de qualquer espécie;

8) Solicite a um profissional experiente que posicione o registro de segurança em local
acessível para deficientes físicos;

9) Providencie a instalação de um detector de vazamento de gás nas proximidades do
aparelho em caso de morador com deficiência olfativa;

10) Verifique se a mangueira, que liga o botijão de gás ao fogão, está etiquetada e em
conformidade com as normas ABNT;

11) Deixe sempre o botijão em um lugar ventilado. Caso aconteça um vazamento o gás não irá acumular;

12) Manuseie a troca do botijão somente com as mãos e jamais utilize ferramentas para não danificar o mesmo;

13) Procure sempre um profissional qualificado e exija o cumprimento das normas
brasileiras vigentes de instalação de equipamentos a gás.

0 Comentário